Fusão de US$11 bi da American com US Airways é aprovada por conselhos

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013 08:40 BRST
 

NOVA YORK, 14 Fev (Reuters) - Os conselhos de administração da AMR Corp e da US Airways aprovaram no final da quarta-feira uma fusão que criará a maior companhia aérea do mundo, com um valor de mercado de cerca de 11 bilhões de dólares, afirmaram fontes próximas ao assunto.

A operação toda em ações, que deve ser anunciada nesta quinta-feira, vai finalizar a consolidação das companhias aéreas norte-americanas que ajudou a indústria e ter bases financeiras mais sólidas.

Os credores da AMR, controladora da American Airlines, vão deter 72 por cento da companhia aérea combinada, que vai atuar sob a marca da American e será baseada no Texas, disseram as fontes. Os acionistas da US Airways ficarão com o restante.

A fusão das empresas vai criar a maior companhia aérea do mundo em volume de passageiros e ajudar a American e a US Air a competirem melhor com a United Continental e com a Delta Air Lines.

O valor de mercado de 11 bilhões de dólares da companhia combinada se compara aos cerca de 12,4 bilhões da Delta e aos 8,7 bilhões da United.

(Por Soyoung Kim)