PIB grego recua 6% no 4o tri ante 2011; desemprego é recorde

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013 15:08 BRST
 

ATENAS, 14 Fev (Reuters) - A economia da Grécia encolheu 6,0 por cento no último trimestre de 2012 ante o mesmo período do ano anterior e a taxa de desemprego do país atingiu máxima recorde de 27 por cento, mostraram dados do Eurostat, escritório de estatísticas da União Europeia, e do instituto grego Elstat nesta quinta-feira.

A economia, que contraiu 20 por cento em termos reais pelo Produto Interno Bruto (PIB) desde o início da recessão em 2008, deve recuar novamente neste ano, à medida que o país implementa políticas rígidas de austeridade exigidas por credores internacionais.

Os jovens gregos têm sido fortemente afetados pela dura recessão, com um percentual gritante de 61,7 por cento entre os cidadãos de 15 a 24 anos de idade sem trabalho segundo os dados, elevando a popularidade dos partidos contrários aos acordos de resgate do país.

O desemprego grego foi mais do que o dobro da taxa média da zona do euro de 11,7 por cento em novembro, sendo o maior entre os 17 países que compõem o bloco.

Os dados mostraram que 1,35 milhão de gregos estavam ficialmente sem emprego em novembro, mais de três vezes o número registrado há cinco anos.

(Reportagem de George Georgiopoulos e Harry Papachristou)

 
Premiê grego, Antonis Samaras, caminha antes de assinar acordo entre Grécia, Itália e Albânia em Atenas, Grécia. A economia da Grécia encolheu 6,0 por cento no último trimestre de 2012 ante o mesmo período do ano anterior e a taxa de desemprego do país atingiu máxima recorde de 27 por cento, mostraram dados do Eurostat, escritório de estatísticas da União Europeia, e do instituto grego Elstat nesta quinta-feira. 13/02/2013 REUTERS/John Kolesidis