Mercado europeu cai por bancos e empresas de serviços essenciais

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013 16:31 BRST
 

LONDRES, 15 Fev (Reuters) - As ações europeias fecharam em baixa nesta sexta-feira, pressionadas pela fraqueza nos setores bancário e de serviços essenciais, embora estrategistas argumentem que quaisquer perdas nos mercados acionários devam ser vistas como uma oportunidade de compra.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis da Europa, recuou 0,19 por cento, para 1.161 pontos, próximo de níveis vistos no início de janeiro.

O índice STOXX Europe 600 de serviços públicos e o índice bancário estiveram entre os de pior desempenho entre os setores no continente, perdendo 0,58 por cento e 0,73 por cento, respectivamente.

Os papéis de serviços essenciais foram derrubados por uma queda no papel da companhia elétrica espanhola Iberdrola, que operadores atribuíram a sinais de que o banco Bankia pode tentar vender sua participação na companhia.

Embora os mercados estejam em modo de consolidação nas últimas semanas, o contínuo relaxamento na política monetária por parte de bancos centrais é uma boa razão para se manter a fé nessa classe de ativos, disseram alguns analistas.

"Eu ainda estou razoavelmente certo de que após essa pausa os mercados vão avançar", afirmou o chefe de pesquisa do BNP Paribas Fortis Global Markets, Philippe Gijsels.

Já o chefe de estratégia global do Standard Life Investments, Andrew Milligan, disse: "Eu sinto que as pessoas preferem colocar mais dinheiro no mercado a realizar lucros neste momento".

O Standard Life Investments administra cerca de 163 bilhões de libras (253,1 bilhões de dólares) em ativos.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou com variação positiva de 0,01 por cento, a 6.328 pontos.   Continuação...