Usiminas tem prejuízo acima do esperado no 4o tri; reduz estoques

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013 20:33 BRT
 

RIO DE JANEIRO/SÃO PAULO, 18 Fev (Reuters) - A Usiminas registrou prejuízo líquido de 283 milhões de reais no quarto trimestre de 2012, pressionada por impostos mais elevados, ao passo que conseguiu reduzir estoques e seu endividamento caiu 10 por cento.

O resultado na última linha veio pior do que a estimativa média de sete analistas, que indicava resultado líquido negativo de 114 milhões de reais. No último trimestre de 2011, a siderúrgica tivera lucro de 77 milhões de reais.

Em 2012, a maior produtora de aços planos do Brasil teve o primeiro prejuízo anual em mais de uma década, de 531 milhões de reais, ante lucro de 404 milhões de reais em 2011.

Em relatório, a Usiminas explicou que o resultado do último trimestre refletiu "principalmente, o maior montante de imposto de renda referente à internação de recursos do exterior".

Por outro lado, a companhia informou que alcançou uma redução total de 482 mil toneladas de estoque de aço, e atingiu "níveis normalizados" em suas operações no final do ano passado.

A Usiminas também registrou um recuo de 10 por cento de sua dívida líquida nos últimos três meses do ano em relação ao terceiro trimestre.

Assim, a siderúrgica fechou 2012 com dívida líquida de 3,7 bilhões de reais e caixa de 4,7 bilhões de reais.

A companhia, cuja nova administração completou em janeiro um ano após a mudança no grupo de controle ocorrida no final de 2011, realizou investimentos de 1,7 bilhão de reais em 2012, e não deu projeções sobre o montante a ser desembolsado neste ano.

Os investimentos de 2012 foram 33,7 por cento inferiores quando comparados aos de 2011, "sinalizando o encerramento do forte ciclo de investimentos em modernização e expansão da capacidade de laminação e galvanização na unidade de siderurgia", informou a Usiminas.   Continuação...