Ford, Peugeot e Toyota levam vendas na Europa a nova mínima

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 15:12 BRT
 

PARIS, 19 Fev (Reuters) - Ford, PSA Peugeot Citroën e Toyota arrastaram as vendas de carros na Europa para uma nova baixa em janeiro, começando 2013 com uma queda de 8,5 por cento, informou nesta terça-feira a Associação de Montadoras Europeias.

Os emplacamentos caíram para 918.280, afirmou a instituição com sede em Bruxelas. Esse foi o pior janeiro da série, iniciada em 1990, pois as medidas de austeridades e o desemprego afetaram os gastos dos consumidores.

A Ford, que está fechando três fábricas na Europa para cortar capacidade de produção, viu as vendas despencarem 26 por cento no mês passado, para 61.544 carros. Peugeot e Toyota tiveram queda de 16 por cento cada, a segunda maior entre as grandes montadoras.

Essa queda "confirma um fraco começo para 2013", disseram analistas do Credit Suisse em nota. "Esperanças de melhora nos ganhos e de caixa no segundo semestre são descabidas", opinaram.

Após cair em 2012 para uma mínima de 17 anos, a demanda europeia por carros deve cair ainda mais neste ano, pressionando ainda mais marcas de mercados de massa entre excesso de capacidade e preços desvantajosos. A maioria das fabricantes prevê que o mercado automotivo europeu cairá entre 3 e 5 por cento em 2013.

A Alemanha em particular está pesando nesta previsão. Após ter mostrado resistência a grande parte do declínio do ano passado, o maior mercado automotivo da Europa está em forte declínio, tendo caído 8,6 por cento em janeiro.

Apesar da fraca demanda na Alemanha, a Volkswagen aumentou a participação nas vendas europeias. As vendas da montadora caíram 5,5 por cento, uma queda menor que a do mercado todo, já que a marca de luxo Audi teve retração de apenas 2,1 por cento nos emplacamentos.

As duas concorrentes alemãs da Volkswagen tiveram resistência ainda maior. A BMW teve alta de 9,4 por cento nas vendas da marca, enquanto a Mercedes-Benz, da Daimler, vendeu 4,7 por cento mais.

As vendas da Dacia --marca de baixo custo da Renault-- subiram 8,5 por cento, limitando a queda do grupo a 6,1 por cento. A problemática marca Renault se recuperou no mês passado com alta de 12 por cento no mercado francês, segundo levantamento nas concessionárias pela La Lettre VN.   Continuação...

 
Vendedor conversa com consumidor próximo a carro da Peugeot em concessionária em Marseille, França. Ford, PSA Peugeot Citroën e Toyota arrastaram as vendas de carros na Europa para uma nova baixa em janeiro, começando 2013 com uma queda de 8,5 por cento, informou nesta terça-feira a Associação de Montadoras Europeias. 01/02/2013 REUTERS/Jean-Paul Pelissier