Crescimento do setor privado alemão indica expansão no 1o tri--PMI

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013 10:00 BRT
 

Por Michelle Martin

BERLIN, 21 Fev (Reuters) - A atividade do setor privado alemão cresceu pelo terceiro mês consecutivo em fevereiro, mostrou a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) nesta quinta-feira, ampliando os sinais de que a maior economia da Europa está se recuperando após ter encolhido no quarto trimestre.

A leitura preliminar do PMI composto do Markit, que mede o crescimento tanto da indústria quanto do setor de serviços, atingiu 52,7 em fevereiro, abaixo da marca de 54,4 de janeiro mas ainda acima do nível de 50 que separa crescimento de contração.

"A leitura inicial do PMI de fevereiro destaca que a Alemanha permanece no caminho para um retorno ao crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre de 2013", disse o economista-sênior do Markit, responsável pela pesquisa, Tim Moore.

"Apesar da ligeira perda de força desde janeiro, a pesquisa sugere que ainda se pode contar com a Alemanha cm motor do crescimento para a zona do euro", completou ele.

Os dados preliminares também mostraram que o setor industrial expandiu pela primeira vez em um ano neste mês, com o índice do setor subindo para 50,1 ante 49,8 em janeiro, embora isso esteja abaixo da expectativa em pesquisa da Reuters de 50,5.

O economista-chefe do Markit, Chris Williamson, afirmou que os dados positivos dos PMIs para janeiro e fevereiro indicam um aumento de 0,4 por cento no Produto Interno Bruto (PIB) alemão no primeiro trimestre de 2013.

A economia alemã teve uma forte performance em 2010 e 2011, apesar da crise da zona do euro ter engolido muito de seus parceiros na região. O crescimento desacelerou no ano passado e a atividade econômica chegou a encolher 0,6 por cento no quarto trimestre.

Por sua vez o setor de serviços também apresentou expansão, embora a um ritmo mais lento do que no mês passado. O índice do setor caiu para 54,1 em fevereiro, ante 55,7 em janeiro.