Ações fecham em baixa sob peso de incertezas na Itália

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013 15:37 BRT
 

LONDRES, 21 Fev (Reuters) - Uma forte queda na bolsa de Milão pesou sobre as ações europeias nesta quinta-feira, com a incerteza sobre as eleições italianas do fim de semana levando o índice de blue chips da zona do euro a seu nível mais baixo desde novembro.

O Euro STOXX 50 encerrou com perda de 2,29 por cento, para 2.579 pontos, marcando uma nova mínima para 2013 e registrando sua menor pontuação de fechamento desde 30 de novembro.

Já o índice das principais ações europeias, FTSEurofirst 300, caiu 1,46 por cento, para 1.151 pontos, em seu pior fechamento desde que encerrou em 1.148 pontos na sessão do último dia 7.

O índice referencial da bolsa italiana FTSE MIB teve a pior performance entre os mercados acionários europeus, caindo mais de 3 por cento devido às incertezas sobre o resultado das eleições dos próximos dias 23 e 24.

A maioria dos investidores espera que um governo centro-esquerdista liderado por Pier Luigi Bersani com o apoio do atual primeiro-ministro, Mario Monti, saia vitorioso do pleito e continue com reformas com o objetivo de atacar os problemas da dívida.

No entanto, uma recuperação nas intenções de voto para o ex-líder Silvio Berlusconi elevou as incertezas sobre o pleito.

"Se Berlusconi conseguir mais votos do que o estimado atualmente, e nenhum governo puder ser formado, pode haver tumulto no mercado, com sério contágio europeu", disse o chefe da Integrated Asset Management, Emanuel Arbib.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de 1,62 por cento, a 6.291 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,88 por cento, para 7.583 pontos.   Continuação...