Índices dos EUA recuam por temores sobre crescimento econômico

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013 19:06 BRT
 

Por Edward Krudy

NOVA YORK, 21 Fev (Reuters) - As ações norte-americanas fecharam em baixa nesta quinta-feira pelo segundo dia consecutivo, com o índice S&P 500 registrando sua pior série de dois dias desde novembro, após dados levantarem dúvidas sobre a saúde das economias norte-americana e da zona do euro.

Mas um rali perto do fechamento do pregão regular ajudou os principais índices a reduzir parte de suas quedas. As baixas ficaram mais concentradas no Nasdaq, de alto componente tecnológico.

Em geral, o movimento sugere que investidores ainda estão dispostos a comprar durante recuos mesmo após as fortes quedas vistas no último pregão.

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, recuou 0,34 por cento, para 13.880 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve desvalorização de 0,63 por cento, para 1.502 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq caiu 1,04 por cento, para 3.131 pontos.

Na Europa, índices de atividade empresarial abateram esperanças de que a zona do euro possa emergir da recessão em breve, mostrando que a depressão registrada nos negócios da região piorou de forma inesperada neste mês.

"Os dados de PMIs que vieram da Europa foram um verdadeiro golpe no mercado", disse o vice-presidente de Investimentos do Harbor Advisory, Jack De Gan.

"O mercado esperava sinais de que a recuperação ainda existe, mas os números apenas destacaram que o problema da zona do euro ainda persiste", acrescentou.

O número de pedidos de auxílio-desemprego nos EUA subiu mais do que o esperado na semana passada e o índice de atividade fabril da regional da Filadélfia do Federal Reserve, banco central norte-americano, caiu em fevereiro ao menor nível em oito meses.

Ganhos nos papéis do Wal-Mart ajudaram a reduzir a queda do Dow Jones. As ações ganharam 1,5 por cento, para 70,26 dólares, após a maior varejista do mundo anunciar lucro acima das expectativas do mercado, embora as vendas no início de fevereiro tenham sido fracas.