CORREÇÃO-Embraer sobe em ranking de vendas de armas e serviços militares em 2011

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013 20:01 BRT
 

(Corrige matéria publicada no dia 18 para excluir menção no quarto parágrafo de que Embraer fornece caças à Marinha brasileira)

18 Fev (Reuters) - A Embraer subiu 14 posições em um ranking das empresas que mais vendem armas e serviços militares no mundo em 2011, quando obteve 860 milhões de dólares nesse negócio, segundo o Instituto de Pesquisa da Paz Internacional de Estocolmo (SIPRI, na sigla em inglês).

A única brasileira em um ranking com presença majoritariamente de empresas dos Estados Unidos, a Embraer subiu da 95a colocação em 2010 para a 81a posição em 2011.

Segundo o SIPRI, 15 por cento do faturamento da companhia em 2011 veio da venda de armas.

Além de fabricar jatos comerciais e executivos, a Embraer atua no segmento de defesa e segurança, fornecendo aviões para a Força Aérea Brasileira, entre outros.

Considerando as vendas totais das 100 maiores fabricantes de armas em 2011, houve uma queda pela primeira vez desde meados dos anos 1990.

As vendas totalizaram 410 bilhões de dólares, uma queda de 5 por cento em uma base ajustada por câmbio, ante 411 bilhões de dólares em 2010, segundo o SIPRI, que faz o levantamento desde 1989 e não inclui empresas chinesas devido a falta de dados disponíveis.

Nos primeiros lugares ficaram as norte-americanas Lockheed Martin, a Boeing, seguida pela britânica BAE Systems e pela norte-americana General Dynamics.