Madri prende 45 após protesto contra cortes de custo

domingo, 24 de fevereiro de 2013 13:25 BRT
 

MADRI, 24 Fev (Reuters) - A polícia espanhola prendeu 45 pessoas após protestos no sábado que reuniram milhares de pessoas contra as medidas de austeridades e supostos atos de corrupção no governo.

No sábado, o centro de Madri foi palco de uma manifestação pacífica em frente ao Parlamento, cujo acesso a polícia fechou, como fez com o Ritz Hotel e a Bolsa de Madri.

No entanto, após os manifestantes se dispersarem houve confusão na noite de sábado e começo de domingo perto da estação de Atocha. Dos presos, nove tinham menos de 18 anos, segundo a polícia, e cerca de 40 pessoas ficaram feridas, 12 delas policiais.

(Por Raquel Castillo)

 
Bombeiro coloca seu capacete em uma mulher durante protestos contra austeridade próximo ao Parlamento espanhol em Madri, Espanha. No colete da mulher, lê-se: "Avós na luta pelos seus direitos". A polícia espanhola prendeu 45 pessoas após protestos no sábado que reuniram milhares de pessoas contra as medidas de austeridades e supostos atos de corrupção no governo. 23/02/2013 REUTERS/Juan Medina