CEOs dos EUA pedem mais acesso a recursos energéticos

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013 14:15 BRT
 

WASHINGTON, 25 Fev (Reuters) - Os Estados Unidos deveriam adotar políticas "abrangentes" que deixem o país mais perto da autossuficiência energética, incluindo maior acesso a áreas promissoras para a produção e menos regulamentação, disse nesta segunda-feira a associação Business Roundtable, que reúne presidentes de grandes empresas norte-americanas.

Entre outras coisas, a entidade pediu que o Congresso e a administração Obama aumentem o acesso a áreas federais no continente e no mar para a produção de petróleo, gás natural e carvão.

O grupo também pediu a aprovação "rápida" do oleoduto da TransCanada e da Keystone XL, que ligaria poços de petróleo betuminoso de Alberta, no Canadá, com refinarias e portos no Texas.

Os presidentes de companhias disseram que as autoridades federais deveriam "respeitar" o papel tradicional exercido pelos Estados na regulamentação da atividade de petróleo e gás natural e acrescentaram que uma regulamentação excessiva arriscaria colocar algumas áreas de exploração não convencional fora de alcance.

(Reportagem de Patrick Rucker e Valerie Volcovici)