Índices dos EUA mostram recuperação sob declarações de Bernanke e indicadores

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013 19:10 BRT
 

Por Chuck Mikolajczak

NOVA YORK, 26 Fev (Reuters) - Os principais índices acionários norte-americanos fecharam em alta nesta terça-feira, em recuperação a seu pior declínio desde novembro, após o chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, defender os estímulos de compra de bônus do banco central norte-americano e as vendas de novas moradias atingirem um pico em quatro anos.

O índice Dow Jones avançou 0,84 por cento, para 13.900 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve valorização de 0,61 por cento, para 1.496 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 0,43 por cento, para 3.129 pontos.

Após acumular alta de 6 por cento no início do ano e atingir máximas históricas, o S&P registrou queda de 1 por cento desde a divulgação da ata da última reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) do Fed, na quarta-feira da semana passada.

Em audiência perante o Comitê Bancário do Senado, Bernanke defendeu fortemente nesta terça-feira o programa de estímulo de compra de bônus do Fed e silenciou temores de que a autoridade monetária poderia diminuir ou interromper as medidas.

As declarações de Bernanke ajudaram a aliviar preocupações de investidores com o impasse na Itália, após as eleições no país não concederem a nenhum partido a maioria parlamentar, elevando o risco de instabilidade prolongada e crise financeira na Europa.

As incertezas decorrentes da situação na Itália ajudaram a derrubar o S&P na véspera, quando o índice registrou seu pior declínio desde 7 de novembro.

Bernanke "certamente disse tudo de que o mercado precisava para sentir-se confortável novamente", avaliou o diretor de gestão do Knight Capital em Jersey City, Nova Jersey, Peter Kenny. "Parte do sangramento estancou porque nosso foco passou do circo político italiano para Ben Bernanke", completou.

Ganhos no setor imobiliário e em ações relacionadas a consumo, após fortes indicadores econômicos, também ajudaram a impulsionar o S&P. Um avanço de 5,7 por cento na ação da Home Depot, para 67,56 dólares, ainda contribuiu para a expansão do Dow Jones. O índice imobiliário PHLX registrou oscilação positiva de 3,2 por cento nesta terça-feira.

As vendas de novas moradias subiram em janeiro no mais recente sinal de que o mercado imobiliário estava se recuperando, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira, e que também mostraram maior otimismo dos consumidores norte-americanos em fevereiro.