Executivos da América Móvil são indicados para Conselho da KPN

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013 17:42 BRT
 

AMSTERDÃ, 27 Fev (Reuters) - A KPN disse nesta quarta-feira que dois altos executivos do grupo mexicano América Móvil, o qual detém uma fatia de 30 por cento na operadora holandesa de telecomunicações, foram indicados para o Conselho supervisor da empresa.

O vice-presidente financeiro da América Móvil, Carlos Garcia Moreno, e o vice-presidente de operações, Oscar von Hauske, foram apontados para o Conselho de supervisão da KPN, composto por oito membros, de acordo com comunicado.

As duas indicações foram propostas pela próprio colegiado de supervisão e serão votadas na reunião anual de acionistas da empresa holandesa em 13 de abril.

A América Móvil, maior companhia de telefonia da América Latina, concordou na semana passada em elevar seu investimento na KPN como parte de um aumento de capital de 4 bilhões de euros da holandesa, ao passo que as duas empresas concordaram que o grupo mexicano teria dois assentos no Conselho de supervisão.

(Por Thomas Escritt em Amsterdã, reportagem adicional de Elinor Comlay, na Cidade do México)