Bankia mostra sinais de recuperação após prejuízo recorde

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013 12:08 BRT
 

MADRI (Reuters) - O banco espanhol Bankia mostrou nesta quinta-feira sinais de recuperação, apesar de grandes baixas contábeis em ativos imobiliários terem levado a instituição a um prejuízo anual de 19,2 bilhões de euros (25,2 bilhões de dólares), o maior já sofrido por uma companhia da Espanha.

O banco, referência da crise financeira da Espanha desde que pediu um resgate estatal em meados de 2012, disse que os depósitos estão aumentando, inadimplência está caindo e que os custos estão menores. A instituição também divulgou que decidiu manter previsão de voltar ao lucro neste ano.

No entanto, o banco enfrenta grande desafio em um país que atravessa recessão e luta para reduzir déficit do governo.

"O saneamento (do banco) foi muito significativo, mas o principal negócio do Bankia, assim como boa parte do setor bancário, está na Espanha e tem uma perspectiva complicada", afirmou o analista Javier Barrio, da BPI.

O Bankia fez provisões de quase 24 bilhões de dólares relacionadas a perdas com empréstimos imobiliários e outros ativos no ano passado para limpar seu balanço. O instituição reuniu esses ativos em um "banco podre" financiado pelo governo como parte do acordo da Espanha com a Europa.

"Será um ano complexo, de desafios", afirmou o presidente-executivo do Bankia, Jose Ignacio Goirigolzarri, em entrevista a jornalistas. Ele acrescentou que 2013 "será o ano da reestruturação".