Vale vê melhor cenário com retomada do minério, aço e carvão

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013 12:24 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 28 Fev (Reuters) - A cotação do preço do minério de ferro acima do esperado no início do ano, a recuperação da siderurgia mundial e do consumo do carvão metalúrgico contribuirão para melhorar o desempenho da Vale, após um resultado abatido pela desvalorização de seus produtos e ativos no ano passado.

Também devem melhorar o desempenho da companhia neste ano a entrada em operação e o aumento da capacidade produtiva de projetos de níquel Nova Caledônia (no Pacífico Sul) e Onça Puma (Pará), que passaram por problemas operacionais e estão sendo reerguidos, disseram executivos da empresa nesta quinta-feira em teleconferência com analistas de mercado.

"O cenário de minerais e metais está se movendo de maneira positiva, avaliou o presidente da Vale, Murilo Ferreira, ao detalhar o balanço financeiro divulgado na noite de quarta-feira.

O lucro da Vale em 2012 despencou de 37,8 bilhões de reais em 2011 para 9,7 bilhões de reais em 2012, em meio a preços mais baixos do minério de ferro ao longo do ano passado e a fatores contábeis e extraordinários que resultaram em prejuízo de mais de 5 bilhões de reais no quarto trimestre, a primeira perda em dez anos.

O desempenho do preço do minério de ferro acima do esperado no início do ano contribuirá para melhorar a situação de caixa da Vale, disse o diretor financeiro da empresa, Luciano Siani.

No começo de fevereiro, o preço do minério de ferro chegou a atingir a maior em 16 meses na China, cotado a 158,90 dólares a tonelada.

Além da recuperação da demanda por aço, contribuíram para a disparada a necessidade de recomposição de estoques por siderúrgicas chinesas, entre outros fatores.

A Vale, inclusive, avalia que o cenário de recuperação da siderurgia mundial deve se manter. E tal recuperação, com aumento do uso da capacidade de alto-fornos, deve elevar o consumo de carvão metalúrgico, o que é positivo para o preço do minério de ferro de maior qualidade, vendido pela Vale, disseram os executivos.

OUTROS ATIVOS   Continuação...