8 de Maio de 2013 / às 18:23 / em 4 anos

Brasil e Paraguai exportarão soja aos EUA--traders

BUENOS AIRES, 8 Mai (Reuters) - O Brasil e o Paraguai estão prontos para exportar soja para os Estados Unidos, num momento em que o mercado norte-americano enfrenta uma escassez na entressafra, após a quebra da colheita em 2012, disseram fontes do setor nesta quarta-feira.

Depois de sofrer a pior seca desde a década de 1930, estima-se que as reservas norte-americanas de soja recuem, até o final do verão, para seu menor nível em nove anos.

No mercado de grãos de Chicago, circulam rumores de carregamentos da oleaginosa sul-americana sendo enviados ao norte, mas até o momento não foi confirmado nenhum envio durante esta temporada.

“As operações estão fechadas e os barcos já foram nominados. Dessa forma, está feito”, afirmou à Reuters um operador de uma exportadora, com sede em Buenos Aires.

A fonte disse que um navio está programado para partir este mês do porto de Ilhéus, no nordeste do Brasil, enquanto que outro está deve para deixar o terminal portuário de Nueva Palmira, no Uruguai, usado pelos paraguaios para embarcar grãos.

“Ao menos três carregamentos foram negociados ontem (terça-feira) para enviar soja do Paraguai e do Brasil aos EUA”, disse outro trader agrícola com conhecimento sobre as operações.

A próxima safra de soja será colhida nos EUA apenas dentro de três ou quatro meses e os mercados físicos em regiões de processamento de soja registram atualmente os preços mais altos historicamente para uma primavera, devido a estoques apertados.

Por Hugh Bronstein

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below