Novos donos da Heinz alteram administração depois de assumir companhia

quinta-feira, 20 de junho de 2013 15:33 BRT
 

20 Jun (Reuters) - A H.J. Heinz anunciou a saída de 11 executivos nesta quinta-feira em um choque de gestão menos de duas semanas depois que seus novos proprietários, a 3G Capital e Berkshire Hathaway, completaram a aquisição de 28 bilhões de dólares da companhia.

A maior fabricante de ketchup do mundo apresentou uma nova equipe de 11 executivos, nove dos quais já estão em Pittsburgh, onde a Heinz fica baseada.

"Este anúncio demonstra o poder e o potencial da meritocracia no trabalho aqui na Heinz", disse Bernardo Hees, que recentemente se tornou presidente-executivo depois de liderar o Burger King, outro investimento da 3G.

Dois dos novos executivos têm laços com a 3G, uma empresa de private equity co-fundada pelo executivo brasileiro Jorge Paulo Lemann.

Um deles é Paulo Basilio, cuja nomeação como vice-presidente financeiro foi anunciada em 7 de junho, quando o negócio foi fechado. O outro é Eduardo Pelleissone, que se junta como vice-presidente-executivo de Operações da América Latina Logística (ALL).

O co-fundador da 3G Alex Behring também é co-fundador e ex-presidente-executivo da ALL.

A H.J. Heinz disse que sucessores para as funções vagas de presidente em unidades de negócios serão nomeados em breve.

(Reportagem de Martinne Geller em Nova York)