México impõe tarifas contra tubos de aço da China

sexta-feira, 21 de junho de 2013 07:45 BRT
 

PEQUIM, 21 Jun (Reuters) - O México definiu tarifas de importação contra tubos de aço sem emendas produzidos na China, afirmou o Ministério do Comércio chinês nesta sexta-feira, depois que uma companhia mexicana reclamou sobre práticas de preços desleais.

A decisão, válida a partir desta sexta-feira, é uma vitória para a TAMSA, braço mexicano da italiana Tenaris, que por sua vez integra o grupo Techint e tem participação na brasileira Usiminas.

A TAMSA havia entrado com reclamação no ano passado sobre diferenças de preços entre tubulações produzidas na China e no México. A tarifa definida pelo México é de 1.252 dólares.

Em 2010, o México impôs tarifas antidumping contra tubulações de aço sem costura, normalmente usadas para transporte de petróleo e gás, da China. Na época, o Ministério da Economia do México afirmou que o produto estava entrando no país com valores abaixo dos preços de mercado, o que prejudicava a indústria nacional.

(Por Sui-Lee Wee)