Fazenda cria corregedoria para investigar denúncias contra servidores

sexta-feira, 21 de junho de 2013 13:34 BRT
 

SÃO PAULO, 21 Jun (Reuters) - O Ministério da Fazenda criou a Corregedoria-Geral, órgão que será vinculado ao gabinete do ministro Guido Mantega e terá competência para analisar denúncias, além de conduzir sindicâncias e processos administrativos disciplinares contra servidores.

"O objetivo da iniciativa é fortalecer as ações de prevenção à corrupção, bem como apurar todos os possíveis desvios de conduta cometidos por servidores", afirmou a pasta em comunicado nesta sexta-feira. O órgão foi criado por decreto publicado no Diário Oficial da União.

O corregedor-geral da Fazenda será indicado pelo Ministro da Fazenda, com anuência da Controladoria Geral da União (CGU). O mandato será de três anos e pode ser prorrogado por uma única vez.

(Reportagem de Tiago Pariz)