Laep diz que Corte de Bermudas aceita prosseguir execução de dívida

segunda-feira, 24 de junho de 2013 09:25 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Laep Investments disse nesta segunda-feira, que tribunais de Bermudas aceitaram na sexta-feira dar prosseguimento a procedimentos de execução de dívida contra a empresa, o que poderá causar até mesmo a liquidação da companhia.

No fim de março, a Laep havia informado que um fundo de Cayman, o GLG Emerging Market Special Situations Fund, havia iniciado procedimento de execução de valores superiores a 150 milhões de reais.

Nesta segunda-feira, a Laep informou que a decisão das Cortes de Bermudas ocorreu mesmo após "terem sido informadas da ilegalidade da operação de aquisição do suposto crédito e de sua cobrança, com violação frontal a princípios de ordem pública do Brasil".

"O prosseguimento da execução poderá trazer graves prejuízos à sociedade, a seus empregados, acionistas e aos demais credores, podendo eventualmente implicar na indicação de um interventor ou mesmo na sua liquidação e a subsequente substituição dos administradores", informou a Laep.

O tema também está sendo investigado pela justiça brasileira, e a Polícia Federal estaria investigando irregularidadas na operação de crédito.

Além disso, a Polícia Civil apura indícios de envolvimento do fundo com alguns dos detentores de BDRs, que segundo a Laep teriam o objetivo de desestabilizar a empresa no mercado de capitais do Brasil.

(Por Roberta Vilas Boas)