Protesto bloqueia rodovia de acesso ao Porto de Santos

segunda-feira, 24 de junho de 2013 11:05 BRT
 

SÃO PAULO, 24 Jun (Reuters) - A rodovia Cônego Domênico Rangoni, na região do Porto de Santos, estava totalmente bloqueada em Cubatão, no sentido Guarujá, devido a um protesto nesta manhã, mas o congestionamento não afetava as operações e os embarques de granéis.

Boletim divulgado às 10h14 pela Ecovias, concessionária da Ecorodovias que administra a rodovia, informou que havia congestionamento de 3 quilômetros na Padre Manoel da Nóbrega, estendendo-se por dois quilômetros da Cônego Domênico Rangoni

"Como reflexo da manifestação, o trânsito continua congestionado na via Anchieta, no sentido São Paulo", disse a concessionária.

A Companhia de Docas do Estado de São Paulo (Codesp), que administra o Porto de Santos, afirmou que o bloqueio não afeta as operações no local.

O complexo portuário de Santos, que também tem importantes terminais no município de Guarujá, é o mais importante no escoamento de granéis agrícolas do país. Os embarques de soja e açúcar estão em seu período mais intenso.

Apesar disso, os embarques não foram ainda prejudicados, disse a agência marítima SA Commodities.

"Agora não está afetando. (...) Depende de quanto tempo esse protesto demorar", disse Nicole Castro, funcionária da agência.

Segundo ela, as exportações de açúcar têm um potencial menor de serem afetados, porque metade das cargas chegam aos terminais pela ferrovia e porque os armazéns estão bem estocados, após chuvas que atrapalharam momentaneamente os embarques ao longo do fim de semana.

(Por Gustavo Bonato)