HSBC considera vender participação no Dar Es Salaam e sair do Iraque

terça-feira, 25 de junho de 2013 10:31 BRT
 

DUBAI, 25 Jun (Reuters) - O HSBC disse nesta terça-feira que considera vender sua participação majoritária no banco de investimentos Dar Es Salaam (DES), que fez da instituição o principal banco internacional no Iraque.

Há especulações no mercado bancário iraquiano sobre a participação de 70,1 por cento há algum tempo e Simon Cooper, presidente-executivo do HSBC para o Oriente Médio e Norte da África, disse a jornalistas em abril que a presença no Iraque estava sob revisão.

"Seguindo uma revisão estratégica foi decidido explorar opções para a alienação da participação do HSBC no DES", disse o banco em um comunicado, acrescentando que não iria participar na proposta de aumento de capital no DES.

Como parte de uma reestruturação global de três anos, o HSBC reduziu o negócio de banco de varejo no Oriente Médio e uniu suas operações em Oman com um banco local. A instituição também reduziu suas operações bancárias islâmicas.

(Por Brenton Cordeiro em Bangalore)