DuPont vai expandir inovação com pesquisa em energia, alimentos e agricultura

terça-feira, 25 de junho de 2013 13:49 BRT
 

25 Jun (Reuters) - O conglomerado químico DuPont anunciou nesta terça-feira que está expandindo suas pesquisas em novos produtos para alimentação, agricultura e energia alternativa, abrindo um novo "centro de inovação" em Iowa.

O centro de inovação, que se junta a uma cadeia de locações internacionais, é destinado para utilizar sua rede global de investigação científica para chegar mais rapidamente ao mercado com "soluções locais", afirmou a presidente-executiva da DuPont, Ellen Kullman, em um comunicado.

A DuPont, que teve um faturamento de 34,8 bilhões de dólares no ano passado, está disputando com rivais para a implantação de novos produtos para alimentos e necessidades de energia para a crescente população mundial.

A nova unidade de inovação está localizada em Johnston, Iowa, sede da unidade de negócios Pioneer Hi-Bred da DuPont, que incide sobre produtos agrícolas. É o 12° centro desenvolvido pela DuPont, e a segunda da Dupont nos Estados Unidos. Outros estão localizados em Michigan, e na Turquia, Japão, Coreia, Taiwan, Índia, Brasil, México, Rússia e Suíça.

A inauguração ocorre no momento em que a DuPont planeja inovar uma instalação de pesquisa expandida de 38 millhões de dólares em Johnston ainda este ano. O estabelecimento de 180 mil metros quadrados vai abrigar cerca de 400 dos cerca de 4 mil funcionários de pesquisa da DuPont Pioneer.

Além disso, a DuPont está avançando com uma usina de 200 milhões de etanol celulósico em Iowa, que deverá ser concluída em 2014, e tem a capacidade de gerar 30 milhões de litros de biocombustível por ano a partir de resíduos de palha de milho.

(Reportagem de Carey Gillam)