Chuvas intensas devem afetar produtividade do trigo no Paraná, aponta Deral

terça-feira, 25 de junho de 2013 19:22 BRT
 

SÃO PAULO, 25 Jun (Reuters) - As lavouras de trigo do Paraná, grande produtor do cereal no país, deverão registrar perdas de produtividade pelas chuvas intensas que atingem o Estado há cerca de dez dias, afirmou um especialista do Departamento de Economia Rural (Deral) nesta terça-feira.

A produtividade agrícola deverá ser afetada principalmente por doenças fúngicas, que encontram um ambiente favorável com o tempo chuvoso prolongado. Para complicar a situação dos produtores, há previsões de precipitações para o Estado até o fim desta semana.

"O pessoal está tendo dificuldade para aplicação de fungicidas. Deve afetar a produtividade do trigo. O quanto vai afetar é que é difícil falar", afirmou o coordenador da Divisão de Estatística do Deral, Carlos Hugo Godinho.

Uma boa produção no Paraná ajuda a reduzir a necessidade de importação do Brasil, um importador líquido do cereal.

Segundo o especialista da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Paraná, as chuvas dificultam ainda a aplicação de fungicidas.

"O efeito das chuvas só poderá ser dimensionado daqui a um mês mesmo... Só vamos conseguir saber o quanto influenciou quando estiver colhendo", completou Godinho.

O Paraná ainda está em fase de plantio, que também tem sido atrasado pelas chuvas.

Segundo ele, na próxima estimativa de área plantada, a ser divulgada nesta semana, o Deral deverá apontar um aumento de área para mais de 900 mil hectares, contra a estimativa em maio de 897 mil hectares, com produtores apostando no cereal em função de preços favoráveis.

Em maio, o Deral apontou que o Estado poderia produzir 2,6 milhões de toneladas, ou cerca de metade da safra nacional, estimada pelo Ministério da Agricultura em 5,5 milhões de toneladas.   Continuação...