Instituto Ifo diz que economia alemã crescerá 0,6% em 2013

quarta-feira, 26 de junho de 2013 08:32 BRT
 

Por Michelle Martin

BERLIM, 26 Jun (Reuters) - O instituto alemão Ifo diminuiu nesta quarta-feira sua projeção para o crescimento econômico do país este ano para 0,6 por cento, uma vez que a maior economia da Europa teve um primeiro trimestre fraco e evitou a recessão por pouco.

O Ifo, que em dezembro estimou crescimento de 0,7 por cento para 2013, continua mais otimista do que o governo e o Bundesbank, o banco central alemão, que esperam crescimento de 0,5 e 0,3 por cento, respectivamente.

A economia alemã cresceu 0,1 por cento no primeiro trimestre do ano devido ao consumo privado, depois de ter contraído no final de 2012. É esperado que o país tenha um desempenho melhor entre abril e junho.

"Depois de um inverno fraco (no hemisfério norte), a economia alemã provavelmente se recuperará no decorrer de 2013. É isso que sugere o índice de clima de negócios do Ifo, que se estabilizou em um nível acima da média nos últimos meses", disse o Ifo em comunicado.

O instituto espera que a economia ganhe força no ano que vem e cresça 1,9 por cento --mais do que o crescimento de 1,6 e 1,5 por cento esperado pelo governo e pelo Bundesbank, respectivamente. O Ifo diz que suas projeções estão sujeitas à implementação de reformas estruturais em países da zona do euro.

(Reportagem adicional de Joern Poltz)