Bancos centrais ajudam ações europeias a subirem pelo 2º dia

quarta-feira, 26 de junho de 2013 14:05 BRT
 

LONDRES, 26 Jun (Reuters) - As ações europeias registraram nesta quarta-feira seus maiores ganhos em dois dias desde abril à medida que comentários de bancos centrais aliviavam as preocupações sobre iminente aperto na política monetária.

O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 fechou com alta de 1,7 por cento, a 1.149 pontos, depois de subir 1,5 por cento na véspera, recuperando-se após um mês de vendas generalizadas por causa da preocupação de que o estímulo dos Estados Unidos começaria a ser reduzido e de que a China estaria enfrentando uma crise de crédito.

A promessa do banco central chinês de evitar qualquer crise de crédito ajudou a reanimar o apetite do investidor na abertura, e isso foi impulsionado posteriormente pela garantia do Banco Central Europeu (BCE) de que o fim de suas medidas excepcionais de política monetária continua distante.

Investidores buscaram alguns setores que mais sofreram perdas no último mês e que dependem da saúde dos mercados financeiros globais, como os bancos europeus e seguradoras, que avançaram 2,2 por cento e 2,1 por cento, respectivamente.

"Nós estamos entrando com dinheiro aos poucos nas ações agora", disse o chefe de pesquisa acionária e estratégia de mercado do Ashcourt Rowan, Stephen Walker, que administra 1,5 bilhão de libras (2,31 bilhões de dólares).

"O recuo do mercado lançou algumas oportunidades e há algumas oportunidades decentes de entrada."

Em LONDRES, o índice Financial Times subiu 1,04 por cento, a 6.165 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX ganhou 1,66 por cento, para 7.940 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 teve alta de 2,09 por cento, a 3.726 pontos.   Continuação...