Fed tem que avaliar longo prazo antes de reduzir QE3, diz Stein

sexta-feira, 28 de junho de 2013 11:10 BRT
 

NOVA YORK, 28 Jun (Reuters) - Ao considerar uma redução das compras de ativos, o banco central norte-americano precisa avaliar a melhora econômica geral desde que lançou seu estímulo e não dar peso indevido aos dados econômicos mais recentes, afirmou nesta sexta-feira o diretor do Federal Reserve Jeremy Stein.

Destacando a próxima reunião de política como um possível momento em que o Fed precisará avaliar a redução do programa de "quantitative easing", Stein destacou vários exemplos de melhora no mercado de trabalho desde que ele foi lançado em setembro do ano passado.

Uma visão de longo prazo é necessária para que o comitê de política do Fed realize uma boa avaliação e evite volatilidade indevida no mercado, disse Stein de acordo com declarações preparadas para o Conselho de Relações Exteriores.

"A melhor postura é que o comitê seja claro que ao tomar uma decisão, digamos em setembro, dará mais peso ao grande volume de notícias que se acumulou desde a adoção do programa e não será indevidamente influenciado por qualquer dado que chegue nas semanas antes da reunião", disse ele.

"Mesmo que um dado divulgado no início de setembro não exerça uma forte influência na decisão de fazer um ajuste na reunião de setembro, essa divulgação continuará relevante para decisões futuras", completou ele.

"Se a notícia for ruim, e isso for confirmado por mais notícias ruins em outubro e novembro, isso sugerirá que a meta de desemprego de 7 por cento deverá estar mais distante, e que o restante do programa será estendido de acordo."

(Reportagem de Jonathan Spicer)