CMN fixa meta de inflação para 2015 em 4,5%

sexta-feira, 28 de junho de 2013 18:18 BRT
 

BRASÍLIA, 28 Jun (Reuters) - O Conselho Monetário Nacional (CMN) fixou em 4,5 por cento a meta de inflação para 2015 medida pelo IPCA, com 2 pontos percentuais de tolerância para cima ou para baixo, e reafirmou a mesma meta para este ano, informou o Banco Central nesta sexta-feira.

O centro da meta de inflação está estacionado em 4,5 por cento desde 2005, ano que a tolerância foi de 2,5 pontos. A partir de 2006, a margem de tolerância passou a ser de 2 pontos.

Qualquer mudança da meta de inflação neste momento foi descartada pelo governo diante do delicado momento econômico, com recuperação ainda frágil da atividade e inflação elevada.

Em abril, o BC iniciou mais um ciclo de aperto monetário, intensificado em maio, quando a taxa básica de juro Selic foi elevada em 0,5 ponto percentual, para 8 por cento ao ano.

O IPCA encerrou maio em 0,37 por cento, no menor nível desde junho de 2012, mas no acumulado em 12 meses ficou em 6,5 por cento, exatamente o teto da meta de inflação.

(Por Luciana Otoni)