França buscará 14 bi de euros em cortes no próximo ano--jornal

sábado, 29 de junho de 2013 13:18 BRT
 

PARIS, 29 Jun (Reuters) - A França buscará 14 bilhões de euros (18,2 bilhões de dólares) em cortes de despesas no próximo ano como parte de seus esforços para reduzir o déficit público para 3 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) até 2015, noticiou o jornal Le Monde.

O governo socialista da França pretende domar o déficit por meio de cortes nos orçamentos ministeriais, nos auxílios do governo a empresas e diminuindo o financiamento de governos locais.

Com a economia de volta a uma leve recessão, os pedidos de auxílio-desemprego na máxima histórica e as taxas de aprovação em torno de 30 por cento, o presidente François Hollande tem se mostrado relutante em acelerar os cortes.

O crescimento anual nos custos salariais para o setor público francês será reduzido para 0,15 por cento ante 3 por cento, principalmente por restrições de pagamento, disse o jornal francês em sua página na internet.

Os ministérios também devem reduzir seus orçamentos operacionais em 2 por cento por meio de uma reforma nas compras públicas, de acordo com o jornal, que citou propostas do governo em um documento enviado a um comitê parlamentar.

O financiamento para serviços como o instituto de pesquisa CNRS e a companhia de meteorologia Meteo France será reduzido em 4 por cento, informou.

Parlamentares farão um debate preliminar sobre o orçamento de 2014 do governo em 2 de julho.

(Reportagem de Laurence Frost)

 
O presidente da França, François Hollande, realiza coletiva de imprensa em Bruxelas, Bélgica. 28/06/2013 REUTERS/François Lenoir