Nokia compra da Siemens participação em joint venture por US$2,2bi

segunda-feira, 1 de julho de 2013 08:00 BRT
 

HELSINQUE, 1 Jul (Reuters) - As ações da Nokia subiam nesta segunda-feira depois de a companhia ter anunciado planos para comprar da parceira Siemens AG a participação na valiosa joint venture de equipamentos de rede, apostando na tecnologia para operar o 4G depois de tropeçar na fabricação de smartphones.

A deficitária Nokia assumirá o controle total do rentável negócio Nokia Siemens Networks (NSN) por 2,2 bilhões de dólares, um valor mais barato que o esperado, disseram analistas, embora tenham notado que a aquisição pressionará o balanço da Nokia.

No início da manhã, as ações da Nokia subiam cerca de 7,2 por cento. Os papéis da Siemens também avançavam 2,4 por cento, com analistas dizendo que esta foi uma boa notícia para a empresa alemã finalmente executar o plano para sair de um negócio que a onerava com altos custos de reestruturação.

Ao contrário do negócio de telefones da Nokia, a NSN se tornou lucrativa no segundo trimestre de 2012 depois de cortar custos e se concentrar na rede de quarta geração Long Term Evolution (LTE). O lucro da divisão antes de juros e impostos (ebit) chegou a 196 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano.

"A Nokia Siemens Networks estabeleceu uma posição de clara liderança em LTE, que oferece uma oportunidade de crescimento atraente", disse o presidente-executivo da Nokia, Stephen Elop, em comunicado.

A Nokia afirmou que espera fechar a transação sujeita à aprovação regulatória durante o terceiro trimestre deste ano.

(Por Terhi Kinnunen)