Índices asiáticos têm direções mistas com preocupações sobre Fed e China

segunda-feira, 1 de julho de 2013 08:03 BRT
 

Por Masayuki Kitano e Ian Chua

CINGAPURA/SYDNEY, 1 Jul (Reuters) - As ações asiáticas fecharam em direções distintas nesta segunda-feira, mas predominaram as preocupações de que o Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, possa começar a reduzir seu estímulo monetário maciço em setembro e com sinais de desaceleração econômica na China.

Às 7h40 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,44 por cento, após ter registrado rali de 2,8 por cento na semana passada, seu maio ganho semanal desde setembro de 2012.

O índice, no entanto, encerrou a primeira metade do ano com uma queda de 7,3 por cento, à medida que investidores passaram a temer que o Fed comece a reduzir seu grande programa de compra de títulos ainda neste ano, o que reduziria o fluxo de dólares para a Ásia.

A atividade industrial da China alcançou sua mínima em nove meses em junho, à medida que novas encomendas diminuíram apesar dos cortes de preços pelos produtores, mostrou a pesquisa Índice dos Gerentes de Compras (PMI) do HSBC em parceria com a Markit, reforçando os sinais de uma desaceleração econômica no segundo trimestre.

Uma pesquisa separada do PMI divulgada pelo escritório de estatísticas do governo da China mais cedo nesta segunda-feira caiu para 50,1 em junho ante 50,8 em maio, mas ficou acima da estimativa mediana das previsões do mercado, de 50,0.

O índice acionário japonês Nikkei subiu 1,28 por cento em um pregão agitado. Alguns investidores de longo prazo optaram por ações bancárias, enquanto o setor de exportação sensível ao câmbio foi apoiado por um iene mais fraco.

Os movimentos do mercado nesta segunda-feira ocorreram após comentários do diretor do Fed Jeremy Stein que sugeriram que setembro pode ser um momento oportuno para o banco considerar a redução de seu programa de compra de títulos.

As ações australianas perderam 1,92 por cento, as sul coreanas recuaram 0,41 por cento, enquanto Hong Kong subiu 1,78 por cento. As ações de Xangai avançaram 0,81 por cento, a bolsa de Taiwan perdeu 0,33 por cento, enquanto Cingapura teve queda de 0,30 por cento.

(Reportagem adicional de Dominic Lau em Tokyo)