Acionista da EasyJet diz que irá votar contra encomendas à Airbus

segunda-feira, 1 de julho de 2013 08:14 BRT
 

LONDRES, 1 Jul (Reuters) - O fundador e maior acionista da EasyJet, Stelios Haji-Ioannou, disse nesta segunda-feira que iria votar contra os planos da empresa de comprar 135 novos aviões da Airbus durante um encontro de acionistas neste mês.

A EasyJet disse no mês passado que concordou em comprar 35 aviões A320 da atual geração e outros 100 novos A320neo, com opções por mais 100 aeronaves, em um negócio avaliado em cerca de 11,9 bilhões de dólares a preços de tabela.

Haji-Ioannou, que fundou a empresa em 1995 e tem 37 por cento de participação, disse que votaria contra o negócio, que precisa ser aprovado pelos acionistas em uma reunião prevista para 11 de julho.

Porém, ele disse que espera que o negócio seja aprovado pela maioria dos acionistas, e criticou a EasyJet por não ter divulgado o nível de desconto que conseguiu obter no negócio.

(Por Rhys Jones)