Atividade da indústria dos EUA cresce em junho, mas contratação cai--ISM

segunda-feira, 1 de julho de 2013 11:14 BRT
 

NOVA YORK, 1 Jul (Reuters) - A atividade industrial dos Estados Unidos cresceu em junho, recuperando-se de uma inesperada contração no mês anterior, mas o nível de contratação no setor foi o mais fraco em quase quatro anos, de acordo com pesquisa do Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM na sigla em inglês) nesta segunda-feira.

O ISM informou que seu índice de atividade fabril nacional subiu em junho para 50,9, ante 49,0 em maio, pouco acima das expectativas de 50,5. Leitura acima de 50 indica expansão.

A medida de novas encomendas subiu para 51,9 ante 48,8, enquanto a produção saltou para 53,4 ante 48,6, ajudando o índice geral a se recuperar da contração de maio, a primeira em seis meses.

Mas a medida de emprego caiu para 48,7, a menor leitura desde setembro de 2009. Ela havia ficado em 50,1 em maio.

Isso pode alimentar preocupações sobre o fortalecimento da recuperação norte-americana, particularmente agora que o banco central do país afirmou que está avaliando reduzir seu forte programa de estímulo.

(Reportagem de Steven C. Johnson)