Lufthansa reformula aérea de baixo custo Germanwings para competir com rivais

segunda-feira, 1 de julho de 2013 13:13 BRT
 

FRANKFURT, 1 Jul (Reuters) - A Lufthansa, maior empresa aérea da Europa, lançou a nova marca de sua empresa de baixo custo Germanwings nesta segunda-feira, em uma tentativa de cortar custos e reconquistar passageiros das rivais.

A Germanwings, que está assumindo a maioria dos voos de curta distância da Lufthansa na Europa, busca se reposicionar como uma empresa de baixo custo para viajantes de negócios, oferecendo serviços extras como champanhe e um espaço maior para as pernas dos passageiros.

A Lufthansa encerrou seus negócios de curta distância em janeiro porque vinha perdendo dinheiro, principalmente devido à concorrência de companhias aéreas de baixo orçamento como EasyJet Air Berlin e Ryanair.

O relançamento da Germanwings faz parte do plano de três anos da Lufthansa para impulsionar o lucro operacional do grupo de 1,5 bilhão de euros para 2,3 bilhões de euros até 2015.

Carsten Spohr, membro do Conselho da Lufthansa, disse que os custos dos Germanwings têm de estar em pé de igualdade com outros empresas e levantou a possibilidade de abandonar as rotas não competitivas.

"Se em algum momento esse não for mais o caso, e mesmo se isso for verdade apenas para algumas rotas, então nós temos que nos retirar dessas rotas ou mesmo de bases operacionais. Nós não queremos isso, claro, e temos que evitar", disse ele em uma entrevista publicada nesta segunda-feira pelo jornal Stuttgarter Zeitung.

Germanwings tem como objetivo registrar um lucro em 2015. Em 2011, a última vez em que publicou os resultados, o seu prejuízo operacional aumentou para 52 milhões de euros, ante 39 milhões de euros em 2010.

(Por Marilyn Gerlach)