Itália e Espanha ajudam ações europeias a começarem 3º tri em alta

segunda-feira, 1 de julho de 2013 13:55 BRT
 

LONDRES, 1 Jul (Reuters) - As ações europeias subiram nesta segunda-feira tendo em vista que dados econômicos acima da expectativa no sul da Europa e algumas atividades de fusão e aquisição fizeram com que gerentes de fundos elevassem suas posições no primeiro dia do terceiro trimestre.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 1 por cento para 1.163 pontos. O índice subiu no primeiro dia de cada um dos últimos sete trimestres graças às ações do banco central para apoiar a economia e estabilizar os mercados, o que deu fôlego ao rali no mercado acionário.

O espanhol IBEX e o italiano FTSE MIB, com alta de 1,9 por cento e 1,5 por cento respectivamente, foram os índices nacionais com melhora performance uma vez que dados da indústria melhor do que o esperado deram suporte.

O diretor de investimentos da Coutts UK, Alan Higgins, disse que aumentou suas posições nas últimas semanas e começou a comprar ações mais dependentes do ciclo econômico.

"Uma coisa que tivemos por muitos anos é o viés de renda e de qualidade", disse ele, referindo-se à preferência do mercado para altos rendimentos de dividendos e ganhos de segurança durante o auge da crise financeira.

"Estamos mudando lentamente isso. Então, nós estamos olhando para comprar ativos financeiros e de materiais básicos", acrescentou.

As ações dos setores de viagens e lazer, serviços financeiros e recursos básicos registraram os melhores desempenhos nesta segunda-feira, com altas entre 2 por cento e 2,8 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1,49 por cento, a 6.307 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX ganhou 0,31 por cento, para 7.983 pontos.   Continuação...