Setor privado alemão tem ligeiro crescimento em junho--PMI

quarta-feira, 3 de julho de 2013 08:12 BRT
 

BERLIM, 3 Jul (Reuters) - O setor privado da Alemanha registrou ligeiro crescimento pelo segundo mês seguido em junho, mas os novos negócios recuaram e o emprego diminuiu no ritmo mais rápido em quase três anos e meio, mostrou nesta quarta-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

O PMI final Composto do Markit, que mede o crescimento tanto na indústria quanto no setor de serviços e cobre mais de dois terços da economia, subiu para 50,4 em junho ante 50,2 no mês anterior.

O índice permaneceu acima da marca de 50 que separa crescimento de contração pelo segundo mês seguido, mas ficou abaixo da leitura preliminar de 50,9, destacando como a expansão na maior economia da Europa enfrenta dificuldades para ganhar força.

"Os números do PMI de junho podem somar-se às preocupações de que o setor privado da Alemanha ganhou apenas um pequeno incremento no crescimento da produção até agora neste verão (do hemisfério norte)", disse o economista sênior do Markit Tim Moore.

O PMI de serviços subiu para 50,4 em junho ante 49,7 em maio, expandindo pela primeira vez desde março.

O Markit informou que a modesta expansão foi alcançada apesar da queda nos volumes de novos trabalhos, sugerindo que parte da recuperação deveu-se à finalização de projetos pendentes em junho.

As novas encomendas no setor de serviços caíram pelo quarto mês consecutivo, com as empresas citando a fraqueza da economia da zona do euro, embora a taxa de contração tenha sido a mais lenta desde março.

Para mais informações, veja a matéria em inglês:

(Reportagem de Sarah Marsh)