Setor de serviços dos EUA desacelera para mínima em 3 anos--ISM

quarta-feira, 3 de julho de 2013 11:22 BRT
 

NOVA YORK, 3 Jul (Reuters) - O ritmo de crescimento no setor de serviços dos Estados Unidos desacelerou em junho para o nível mais fraco em quase três anos à medida que as novas encomendas quase estagnaram, embora um salto no nível de emprego tenha fornecido um sinal animador para o mercado de trabalho.

O Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês) informou que seu índice do setor de serviços caiu para 52,2 em junho, ante 53,7 em maio, ficando abaixo das expectativas de economistas de 54.

Embora leitura acima de 50 indique expansão do setor, a queda de junho levou o crescimento para seu menor nível desde fevereiro de 2010.

Uma desaceleração nas novas encomendas ofereceu pouco otimismo para a perspectiva de crescimento.

O índice de novas encomendas tombou para 50,8, ante 56, registrando o nível mais baixo desde julho de 2009, apenas um mês depois que a recessão acabou.

Mas o emprego foi um ponto positivo, com aumento da medida para 54,7, ante 50,1.

(Reportagem de Leah Schnurr)