Colheita de café na área da Cooxupé avança para 21% do total

quarta-feira, 3 de julho de 2013 16:30 BRT
 

SÃO PAULO, 3 Jul (Reuters) - Cafeicultores ligados à Cooxupé, maior cooperativa de produtores de café do mundo, tinham colhido, até o último sábado, 21 por cento da safra que a instituição espera receber dos seus cooperados, avanço de sete pontos percentuais na comparação com o total colhido na semana anterior, informou a organização nesta quarta-feira.

Até o último sábado, produtores da Cooxupé haviam colhido em um ritmo mais acelerado do que o verificado no mesmo período do ano passado, quando nesta época produtores tinham feito a colheita de 14,13 por cento da safra que a cooperativa esperava receber.

Na comparação com o total colhido nesta época em 2011, último ano de baixa no ciclo bianual do arábica, a colheita está ligeiramente atrasada. Naquela temporada, produtores tinham colhido 22,9 por cento da safra até o dia 29 de junho.

O início da colheita na área de atuação da Cooxupé, no sul de Minas Gerais, Cerrado Mineiro e em região de São Paulo, foi acelerado com o tempo quente em meses anteriores, que acelerou o processo de maturação da safra 2013/14.

Em junho, entretanto, chuvas causam atrasos na colheita.

A área de atuação da Cooxupé tem expectativa de colheita de cerca de 8,4 milhões de sacas de 60 kg, o que já seria uma queda de 15 por cento na comparação com a temporada passada, em função de o ciclo atual ser de baixa produtividade na bianualidade do café arábica.

A cooperativa espera receber de seus cooperados 3,5 milhões de sacas este ano, informou a Cooxupé, por meio de sua assessoria de imprensa.

O volume de café estimado para as regiões da Cooxupé representa 17,5 por cento da produção prevista para o país pelo Ministério da Agricultura, de 48,6 milhões de sacas de 60 kg, a maior safra para um ano de baixa do arábica.

(Por Roberto Samora)