G20 buscará transparência na política dos EUA em reunião--Coréia do Sul

quinta-feira, 4 de julho de 2013 08:39 BRT
 

Por Se Young Lee e Choonsik Yoo

SEUL, 4 Jul (Reuters) - A Coréia do Sul, ao lado de outros membros do G20, buscarão transparência na estratégia de redução da política de estímulo do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, na reunião ministerial do grupo ainda neste mês, disse à Reuters o ministro das Finanças sul-coreano, Oh-seok, nesta quinta-feira.

"Haverá discussões sobre como os Estados Unidos irão reduzir (o estímulo) se a economia norte-americana de fato se recuperar, assim como qual será o impacto no mercado financeiro quando a redução ocorrer", disse o ministro em entrevista.

Ele acrescentou que a Coréia do Sul também irá levantar a questão porque se a redução causar complicações para as economias emergentes, isso irá por sua vez afetar a economia dos EUA através de um processo que ele chamou de "contágio reverso".

Os ministros das Finanças e os presidentes de bancos centrais das economias desenvolvidas e das principais economias emergentes do G20 planejam realizar reunião na Rússia em 19 e 20 de julho.

A Coréia do Sul e outros mercados asiáticos foram recentemente afetados pelas perspectivas de início de redução do estímulo do Fed mais à frente neste ano, com os yields do mercado de títulos subindo com força, os mercados acionários tombando e suas respectivas moedas se desvalorizando frente ao dólar.