IPO é inacessível para 62% das pequenas e médias empresas do Brasil, diz pesquisa

quinta-feira, 4 de julho de 2013 11:54 BRT
 

SÃO PAULO, 4 Jul (Reuters) - A maioria das empresas brasileiras com faturamento de até 1 bilhão de reais consideram que fazer uma oferta inicial de ações (IPO) é inacessível para pequenas e médias empresas, segundo estudo divulgado pela Deloitte na quinta-feira.

A pesquisa consultou 73 empresas, das quais 62 por cento têm esta opinião. Além disso, 93 por cento dizem que a experiência não é simples devido a custos e burocracia envolvidos.

A falta de maturidade das empresas também foi apontada como entrave pelos empresários, segundo Bruce Mescher, sócio-líder da área de Global IFRS e Offering Services da Deloitte.

O Brasil é a sétima maior economia do mundo, mas está na vigésima terceira posição em relação ao número de empresas listadas em bolsa, com 353 companhias. Nos EUA são 4.102, na China são 2.494 e na Índia são 6.838 empresas listadas em bolsa.

Apesar dos desafios apontados pelos empresários, a pesquisa mostrou ainda que 45 por cento dos participantes têm intenção de abrir capital em algum momento. Porém 49 por cento da amostra disse não conhecer seus potenciais investidores.

(Reportagem de Natalia Gómez)