Ações da Vale avançam após licença para projeto Serra Sul

quinta-feira, 4 de julho de 2013 15:33 BRT
 

SÃO PAULO, 4 Jul (Reuters) - As ações da Vale subiam mais de 3 por cento nesta quinta-feira, dia de recuperação para o mercado, após a mineradora ter obtido licença para instalação do projeto Serra Sul, no Pará.

Às 15h30, a preferencial subia 3,58 por cento, a 26,93 reais, enquanto a ordinária ganhava 3,66 por cento, a 29,43 reais. O Ibovespa subia 1,37 por cento.

A mineradora anunciou na véspera que obteve licença para instalar seu maior empreendimento da história, com capacidade de produção de 90 milhões de toneladas de minério de ferro por ano, num investimento estimado em quase 20 bilhões de reais.

Serra Sul produzirá em plena capacidade em 2018, dois anos após a entrada em operação, prevista para 2016, informou o presidente da companhia, Murilo Ferreira, na quarta-feira.

A notícia é positiva para a Vale, na avaliação da Itaú Corretora, e pode ser um catalisador para as ações --a preferencial acumulava queda de quase 35 por cento no ano até o fechamento da véspera.

Cálculos preliminares indicam que o projeto deve permitir à Vale ampliar em cerca de 30 por cento sua capacidade atual de produção de minério, melhorar a qualidade do produto e adicionar 10 bilhões de dólares em valor líquido presente, afirmou o analista Marcos Assumpção em relatório.

Além disso, o projeto "abre caminho para futuras oportunidades de crescimento a um baixo custo", segundo o analista.

(Por Danielle Assalve)