Poupança registra em junho maior captação líquida da série histórica--BC

quinta-feira, 4 de julho de 2013 15:33 BRT
 

SÃO PAULO, 4 Jul (Reuters) - A caderneta de poupança registrou captação líquida de 9,451 bilhões de reais em junho, o maior valor mensal da série histórica do Banco Central, que começou em 1995.

A autoridade monetária informou que, no mês passado, os depósitos somaram 116,046 bilhões de reais, enquanto as retiradas chegaram a 106,595 bilhões de reais. Com isso, o saldo total da aplicação fechou junho em 538,446 bilhões de reais.

Até então, o melhor desempenho da aplicação mais tradicional do país havia sido registrada em dezembro de 2012 com os depósitos superando os saques em 9,206 bilhões de reais.

A remuneração da poupança está atrelada à variação da taxa básica de juros desde maio de 2012. Quando a Selic está igual ou inferior a 8,50 por cento ao ano, a poupança oferece remuneração de 70 por cento desse valor mais a Taxa Referencial (TR). Com a Selic acima disso, o rendimento é de 0,50 por cento ao mês mais a TR.

A expectativa no mercado de juros futuros é de a Selic ser elevada em 0,50 ponto percentual, justamente para 8,5 por cento ano, na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), na semana que vem.

(Reportagem de Tiago Pariz)