4 de Julho de 2013 / às 20:10 / 4 anos atrás

China investiga preços de fabricantes de medicamentos incluindo GSK e Merck

Por Kazunori Takada

XANGAI, 4 Jul (Reuters) - A principal agência de planejamento econômico da China está investigando os custos e preços praticados pelas fabricantes de medicamentos, incluindo unidades de GlaxoSmithKline e Merck, à medida que empresas estrangeiras são pressionadas por Pequim sobre possível fixação de preços.

O movimento ocorre após investigação separada sobre o leite em pó instantâneo, que já levou a cortes de preços.

A Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma está fazendo o levantamento dos custos de produção e preços cobrados em várias empresas farmacêuticas estrangeiras e chinesas, de acordo com um comunicado de 2 de julho.

A notícia da investigação foi relatada nesta quinta-feira pelo jornal oficial Securities Daily.

A Comissão irá analisar 27 empresas sobre custos e 33 sobre precificação. A investigação está sendo feita para entender o custo e a situação dos preços dentro das empresas, e para ajustar os preços dos medicamentos, disse a agência.

Além da GSK e da Merck, outras empresas estrangeiras que estão sendo investigadas sobre os custos são Astellas, a unidade de genéricos da Novartis Sandoz, Boehringer Ingelheim, Baxter International e Fresenius.

Uma equipe de investigação da Comissão vai visitar as empresas envolvidas entre julho e outubro, disse a agência.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below