Vale contrata linha de crédito rotativo de US$2 bi

quinta-feira, 4 de julho de 2013 19:18 BRT
 

SÃO PAULO, 4 Jul (Reuters) - A Vale contratou uma linha de crédito rotativo de 2 bilhões de dólares, com prazo de cinco anos e participação de 16 bancos, informou a companhia nesta quinta-feira em comunicado.

"Este instrumento forma um significativo colchão de liquidez no curto prazo e possibilita maior eficiência da gestão do caixa, sendo consistente com o nosso foco estratégico na minimização do custo do capital", afirmou a companhia.

A mineradora, maior produtora de minério de ferro do mundo, e algumas de suas subsidiárias podem sacar a linha de crédito rotativo a qualquer momento, ao longo de cinco anos.

"Com esta nova linha, o total em linhas de crédito rotativo será de 5 bilhões de dólares, visto que temos uma linha de 3 bilhões de dólares existente, que vencerá em 2016", acrescentou a empresa.

O anúncio veio após a companhia divulgar, na véspera, que obteve licença para instalação do projeto Serra Sul, no Pará, no maior empreendimento da história da companhia, com investimento estimado em quase 20 bilhões de dólares.

Os bancos participantes da operação de crédito são os seguintes: Barclays, Bank of Tokyo-Mitsubishi UFJ, BNP Paribas, Crédit Agricole, Citibank, Deutsche Bank, HSBC, Intesa San Paolo, JP Morgan, Mizuho, Natixis, Royal Bank of Canada, The Bank of Nova Scotia, Société Générale, Standard Chartered e Sumitomo.

(Por Roberto Samora; edição de Aluísio Alves)