Governo anunciará cortes de despesas abaixo de R$15 bi, diz Mantega na TV

sexta-feira, 5 de julho de 2013 11:53 BRT
 

5 Jul (Reuters) - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que o corte de despesas a ser anunciado na próxima semana se concentrará principalmente em custeios, e que num "primeiro momento" deve ficar abaixo de 15 bilhões de reais.

"O corte será principalmente em gastos de custeio, não haverá cortes em investimento e nem em serviços sociais do governo", disse Mantega em entrevista à TV Globo, veiculada no jornal Bom Dia Brasil desta sexta-feira.

"Nesse primeiro momento será abaixo de 15 bilhões (de reais) mas estaremos acompanhando ao longo do ano para ver se novos cortes serão necessários", acrescentou.

Segundo ele, "o importante é cumprir a meta" de superávit primário de 2,3 por cento do PIB.

O governo espera que os cortes de orçamento ajudem a convencer os investidores de que está decidido a controlar os gastos em um momento no qual a inflação acumulada em 12 meses segue acima do teto da meta, de 6,5 por cento.

Na véspera, uma fonte do governo, que pediu para não ser identificada, havia adiantado que o corte ficaria abaixo de 15 bilhões de reais.

 
Ministro da Fazenda, Guido Mantega, fala durante coletiva de imprensa, em Brasília. Em entrevista à TV nesta sexta-feira, Mantega afirmou que o corte de despesas a ser anunciado na próxima semana se concentrará principalmente em custeios, e que num "primeiro momento" deve ficar abaixo de 15 bilhões de reais. 29/05/2013. REUTERS/Ueslei Marcelino