Governo argentino exige que setor de trigo abasteça mercado interno

sexta-feira, 5 de julho de 2013 15:05 BRT
 

BUENOS AIRES, 5 Jul (Reuters) - O governo da Argentina decidiu nesta sexta-feira aplicar a chamada "Lei da Oferta" sobre o setor de trigo do país para atender às necessidades do mercado interno.

A regra, estabelecida pelo Ministério do Comércio Interior, foi publicada no Diário Oficial e ocorre em meio a registros de escassez do cereal e altas nos preços de seus derivados nos pontos de venda.

"Os diferentes setores envolvidos nos processos produtivos do trigo para pão, condição padrão e farinha de trigo para panificação, que têm estoques físicos do produto, deverão realizar atividades comerciais visando a atender adequadamente o mercado interno, a partir da data de publicação da resolução", diz a norma.

O país sul-americano é um grande fornecedor internacional de trigo, inclusive para o Brasil.

A Bolsa de Cereais de Buenos Aires prevê um plantio de 3,9 milhões de hectares com o grão na atual temporada de 2013/14, enquanto o Ministério da Agricultura da Argentina estima a área em cerca de 4 milhões de hectares.

"Lamentavelmente, não sabemos onde está o trigo. Isso deve ser perguntado ao secretário (do Comércio Interior, Guillermo) Moreno, aos exportadores e aos moinhos", disse o presidente da Sociedade Rural, Luis Etchevere, em comentários na televisão.

"Hoje o produtor está estudando a situação para decidir se deve ou não plantar o trigo. Poucas pessoas vão plantar o cereal. Áreas sempre serão restritas, enquanto essas políticas não forem mudadas", acrescentou.

As principais organizações do setor agrícola da Argentina há anos enfrentam o governo, questionando as intervenções estatais no mercado.

Por sua vez, o chefe da Federação Agrária da Argentina, Eduardo Buzzi, disse que "os exportadores têm trigo, é verdade, mas deve haver cuidado, uma vez que a disponibilidade é muito limitada, e há um risco de que cheguemos a dezembro (...) e terminemos importando trigo do Uruguai".

(Reportagem de Walter Bianchi)