Jaguar Land Rover e DHL dizem ter planos de contingência por greve

segunda-feira, 8 de julho de 2013 09:21 BRT
 

LONDRES, 8 Jul (Reuters) - A Jaguar Land Rover (JLR) e a empresa de logística DHL disseram nesta segunda-feira que planos estão sendo feitos para minimizar o impacto sobre a produção nas fábricas britânicas da montadora com a ameaça de uma greve da equipe da DHL.

Cerca de 750 dos 1.000 funcionários da DHL que trabalham nas fábricas da JLR em Castle Bromwich e Solihull, no centro da Inglaterra, votaram na semana passada a favor de uma paralisação depois da recusa da empresa em conceder-lhes os termos e condições similares aos de alguns funcionários da JLR.

O sindicato Unite quer um aumento salarial de 12,8 por cento sobre dois anos para os funcionários que classificam peças e de 20,6 por cento para os motoristas. A DHL disse ter oferecido aos funcionários um aumento salarial de 4,5 por cento para 2013, além de uma garantia de 3 por cento para 2014.

Uma fonte próxima a JLR minimizou os temores de que a produção poderia parar completamente e disse que a montadora estava estudando "uma gama de opções" para garantir que as peças continuem a chegar à linha de produção. As opções não foram especificadas.

"É muito cedo no processo, o que dá aos sindicatos e empregadores espaço para negociar", disse um porta-voz da Unite.

(Por Rhys Jones)