Leilão de energia A-5 de agosto tem 7.552 MW em projetos cadastrados

quarta-feira, 10 de julho de 2013 14:38 BRT
 

SÃO PAULO, 10 Jul (Reuters) - O leilão de energia "A-5" marcado para 29 de agosto tem 7.552 megawatts (MW) de projetos cadastrados, sendo que térmicas a carvão tem a maior capacidade instalada total registrada para participação, informou a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) em comunicado nesta quarta-feira.

O leilão, que irá contratar energia para ser entregue a partir de 2018, tem cadastrados 2.140 MW de térmicas a carvão, 1.472 MW de térmicas a biomassa, 1.607 MW de térmicas a gás natural, 1.928 MW de hidrelétricas e 405 MW de pequenas centrais hidrelétricas.

Entre os 12 projetos hidrelétricos cadastrados, apenas a usina Sinop (MT-400 MW), no rio Teles Pires, deverá participar do leilão, já que é a única que possui licença ambiental prévia --documento necessário para a participação de grandes hidrelétricas nos leilões de energia nova realizados no país.

Outros projetos que ainda não têm licença, entre os quais a hidrelétrica São Manoel (700 MW), também no rio Teles Pires, poderão ser incluídos no leilão A-5 marcado para 13 de dezembro, segundo a EPE.

Os 68 projetos cadastrados para participar do primeiro leilão A-5 de 2013 estão localizados em 16 Estados brasileiros, sendo que a maior capacidade de geração está no Rio Grande do Sul -- com duas térmicas a carvão que totalizam 1.250 MW e 1 térmica a gás com 1.238 MW de capacidade de geração.

Nos leilões de energia nova, as distribuidoras de eletricidade contratam energia de novos projetos de geração ou de ampliações de projetos existentes para ser entregue aos consumidores.

(Reportagem de Anna Flávia Rochas)