Refinaria Nansei Sekiyu, da Petrobras, suspende embarques no Japão por tufão

quarta-feira, 10 de julho de 2013 21:49 BRT
 

TÓQUIO, 10 Jul (Reuters) - A Nansei Sekiyu KK, uma refinaria japonesa totalmente detida pela Petrobras, suspendeu as remessas por terra e mar para sua unidade em Okinawa, que está fechada para manutenção programada, devido à aproximação de um tufão.

A capacidade da refinaria é de 100 mil barris por dia.

As operações foram suspensas nesta quarta-feira devido à passagem esperada de uma tempestade, disse a Nansei Sekiyu por e-mail na quinta-feira (horário local).

Às 6 da manhã da quinta-feira, o tufão Soulik estava localizado a sudeste da ilha principal de Okinawa, onde a refinaria Nishihara, da Nansei Sekiyu, está localizada, segundo a agência meteorológica japonesa.

A tempestade, com rajadas de vento de até 260 quilômetros por hora, estava se movendo a oeste a 20 quilômetros por hora.

As operações de refino estão suspensas para manutenção planejada desde 2 de julho e estão programadas para reiniciar em 20 de julho, disse a empresa.

(Reportagem de Aaron Sheldrick)