Ações asiáticas atingem máxima em quase 4 semanas

quinta-feira, 11 de julho de 2013 08:24 BRT
 

Por Dominic Lau

TÓQUIO, 11 Jul (Reuters) - As ações asiáticas atingiram máxima em quase quatro semanas nesta quinta-feira e o dólar ampliou as perdas por causa de comentários do chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, de que o estímulo monetário ainda será necessário para o futuro próximo.

Os mercados financeiros têm realizado vendas generalizadas recentemente por causa de preocupações de que o Fed possa começar a reduzir seu programa de compra de títulos de 85 bilhões de dólares a partir de setembro.

Mas os comentários de Bernanke, que atenuaram a força do relatório de trabalho de junho divulgado na semana passada, levaram os investidores a reavaliarem o risco de um fim antecipado para o programa do Fed.

"Aqueles que esperavam que o Fed poderia começar a reduzir seus estímulos já em setembro estavam aliviados de que isso deverá ocorrer mais tarde", disse Kyoya Okazawa, chefe de global equities no BNP Paribas em Tóquio.

Às 8h01 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia 2,73 por cento, atingindo máxima em quase quatro semanas e a caminho de seu maior ganho diário em 10 meses.

O índice chinês CSI300 subiu 4,61 por cento, sustentado por um relatório na mídia oficial de que as regras de financiamento para as empresas do setor imobiliário podem ser parcialmente afrouxadas.

Com o fortalecimento do iene, o índice japonês Nikkei teve desempenho abaixo da média dos outros mercados, fechando em alta de 0,39 por cento.

O Banco Central do Japão manteve sua política monetária nesta quinta-feira e ofereceu uma visão mais otimista da economia devido a sinais crescentes de que os efeitos positivos do iene fraco e as políticas inflacionárias do governo estão se ampliando.